BLOG KEROMODA

Vitrine de Loja Criativa: 17 dicas infalíveis para você montar a sua

23/10/2018

Como eu posso chamar a atenção do meu público e aumentar a minha visibilidade no mercado de moda?

Até agora, apresentamos várias dicas (veja aqui) para você utilizar na sua loja de roupas ou calçados, uma delas foi montar uma vitrine e melhorar a aparência dela. Agora, iremos explicar a importância de uma vitrine bem montada.

Segundo o SEBRAE, a vitrine de uma loja, principalmente de roupas e calçados, é responsável por 80% das vendas, que ocorre por meio do impacto visual da exposição de alguns produtos em destaque, ou seja, chama a atenção das pessoas, que interessados entram na loja e realizam a compra.

E o que é, para que serve uma vitrine de loja?

As vitrines são ambientes separados da loja, compostos por manequins, expositores, displayers e objetos decorativos, é direcionada para expor e promover produtos para chamar a atenção do público, sendo este o primeiro contato que ele tem com a loja, em que pode fazê-lo decidir comprar um produto de forma imediata. Por meio dela, demonstra-se para o observador a identidade da loja e o que ela pode oferecer.

Tem como objetivo fazer o cliente sentir-se mais à vontade, e passar mais tempo perto dos produtos, que aumenta a chance deste tomar a decisão de compra, ou seja, todo o ambiente deve propiciar uma sensação agradável, explorando as experiências sensoriais.

Geralmente, estão localizados na frente e na fachada da loja, mas também podem ser montadas no espaço interno da loja em locais estratégicos. Para montar a sua vitrine, fique atento que vamos te apresentar 17 passos essenciais para ajudá-lo a montar a melhor vitrine de loja, além disso, perguntamos aos nossos clientes do sistema de gerenciamento KeroModa como eles montam suas vitrines, você poderá utilizar como ideias para seus próximos expositores.

 

1-    Trabalhe o espaço da sua vitrine de loja disponível

Verifique o espaço que sua loja tem disponível, não somente o espaço dedicado à vitrine frontal, veja seu espaço interno e como você pode trabalhá-lo, de forma que ambas áreas possuam harmonia e estejam coordenadas, e seu público compreenda o que você procurou propor. Quando perguntamos para uma de nossas clientes como ela procurava trabalhar o espaço que ela tinha disponível, ela nos disse que utilizava de decorações que davam a impressão de ter mais espaço.

2-    Pense em seu público

O que o seu público gosta? O que ele sempre procura? O que ele necessita? O que ele deseja? Pergunte-se e determine o que você poderia mostrar para ele. Não fique no “achismo”, faça perguntas indiretas, e confirme se as suas impressões condizem com o seu cliente.

 

3-    Escolha um bom tema e esteja dentro das tendências

Pense em diferentes temas, não pense somente as estações do ano ou datas comemorativas, escolha uma temática para trabalhar, como: A campanha de prevenção ao câncer de mama – o Outubro Rosa, ou as culturas contemporâneas da América Latina, por exemplo.

 

4-    Explore a Criatividade

Não se prenda naquilo que você sempre fez. “Saia da casinha!” Pense nas mais diferentes alternativas que você pode trabalhar, agora é a hora de imaginar o que o seu cliente quer e como você pode oferecer seus produtos para ele. Procure sempre pensar em impressionar o seu cliente, utilize de cores complementares, de acordo com o seu tema.

 

5-    Conte uma história (storytelling) na sua vitrine de loja

Além de escolher uma temática, você pode contar uma história em que seu cliente é o personagem principal. O consumidor muitas vezes não está em busca de um produto e sim de um sonho e uma boa história. “Mas como eu faço isso?” Cada manequim demonstrará uma situação e seu look deve estar composto conforme o ambiente da história. Ex: Natal com as iluminações especiais, bonecos e os enfeites com todo o espírito de alegria.

 

6-    Faça um bom planejamento de gastos

Depois de pensar na temática e se você irá contar uma história ou não, é hora de planejar os gastos que você irá ter para montar a vitrine. Quanto você tem pretensão de gastar? Quanto você está disposto a investir? Você tem objetos ou decorações de vitrines anteriores que você sabe que poderá utilizar neste?

 

7-    Adereços e decorações

Utilize decorações de acordo com o seu tema que você escolheu. Não precisa ser aquela decoração caríssima, nem precisa ter muitas alegorias. Para exemplificar, utilizaremos a decoração utilizada por uma de nossas clientes, que gastou pouquíssimo utilizando folhas recortadas de papel craft penduradas em diferentes alturas por fios de nylon e colocou alguns adesivos simples. Se puder, refaça toda a decoração uma vez por mês, pois seu consumidor quer ver novidades e somente alterar os produtos pode acabar não recebendo atenção.

 

8-    Não se esqueça da iluminação

Pensada na decoração, é a vez da iluminação que será utilizada. É muito importante, pois é a iluminação que favorece o ambiente e as decorações. Se a iluminação estiver posicionada incorretamente não irá impactar seu público da maneira esperada.

 

9-    Coordene os produtos por cores e lembre-se da harmonia

A composição dos looks dos seus manequins expostos é de grande importância, pois considera-se como uma sugestão ao cliente para estar adquirindo o look inteiro, ou alguma das peças e a combinação incorreta pode desfavorecer a aparência de todas as roupas e da sua loja também.

 

10- Trabalhe os elementos em diferentes alturas e posições

Como eu falei anteriormente quando foi exemplificado sobre as decorações, utilize os objetos da decoração e os produtos em diferentes níveis, pois diferentes alturas dão a sensação de movimento e continuidade. Se puder, invista em manequins em diferentes posições, e distribua-os na sua vitrine, alternando com as decorações e outros produtos em displayers e expositores de objetos pequenos.

 

11-  Não polua a sua vitrine com muita informação

Não preencha a sua vitrine com muitos produtos, não coloque muitas decorações. Muita informação atrapalha a compreensão do observador, pois ele não saberá onde focar a sua atenção e perderá o interesse, sendo que a poluição visual afeta a compreensão entre o que é produto a venda e o que não é.

 

12- Utilize os conceitos de simetria

“Coisas simétricas são belas”

A simetria é um conceito utilizado para coisas que seus lados são iguais e podem ser divididos ao meio perfeitamente. Coisas simétricas são agradáveis ao olhar e trazem harmonia para as composições. Sempre tente compor sua vitrine equilibrando os lados da vitrine, distribua as decorações e adereços uniformemente por toda a extensão.

 

13- Deixe um espaço entre cada produto

Segundo O Estadão (2015), o espaço mínimo entre cada manequim ou produto deve ser de no mínimo 10 cm, não amontoe sua vitrine! Poucos produtos despertam a curiosidade do observador para saber mais sobre outros produtos da loja.

 

14- Mantenha a vitrine limpa e organizada

“Você entraria em uma loja que a vitrine está suja ou desorganizada? Onde você não consegue entender o conceito?” Se sua resposta é não, então você já sabe que você também não pode deixar a sua vitrine suja e desorganizada. Remova decorações da vitrine anterior e não tente reutilizar uma decoração se está não se encaixa com a temática que você escolheu para agora.

 

15- Sempre altere algum dos produtos, não faça uma oferta infinita

Nunca, mas nunca mantenha uma oferta por muito tempo. Delimitar um tempo da oferta causa ansiedade no consumidor e a possibilidade de ele comprar um produto aumenta muito quando restam muitas poucas unidades ou quando a oferta irá acabar rapidamente.

 

16-  Lembre-se é obrigatório ter preços na vitrine

Sempre mostre de moda claro o preço de todos os produtos exposto na sua vitrine. Você pode achar que não colocar o preço pode levar o cliente a entrar na loja, mas se as peças forem mais caro do que ele está disposto a pagar causará frustração e pode expulsar seu cliente fazendo com que ele nunca mais retorne a sua loja.

 

17- Não ofereça o que você não tem

Isso é uma regra básica, pois de nada adianta você expor um produto que você não terá para oferecer ao cliente, quando este entrar na loja perguntando sobre o produto exposto especificamente.

 

 

 

 

O sistema Kero Moda é especializado para lojas do varejo de moda, simplifica todo o processo de venda, desde o cadastro do produto até a tomada de decisões para o sucesso da sua empresa. Entre em nosso site, veja o plano que melhor se encaixa a você, preencha o formulário que o nosso consultor estará entrando em contato. 

 

REFERÊNCIAS

SEBRAE. Como montar  sua vitrine. Disponível em: <http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/ap/artigos/como-montar-sua-vitrine,83baace85e4ef510VgnVCM1000004c00210aRCRD>. Acesso em: 11 out. 2018.

 

Autor do Post:

Paula Kimie

Marketing do sistema KeroModa, formada em Moda, adora desenhar de tudo, mas principalmente coisas de moda e partes do corpo humano, como olhos. É tímida e extrovertida na mesma quantidade, gosta de um desafio e de piadas ruins, quanto mais ruim melhor. Viciada em café desde os 13, bebe como se fosse água, e não gosta de doces, mas não resisti a uma barra de chocolate amargo.

      


*Todas as imagens são meramente ilustrativas, caso sinta-se prejudicado, entre em contato conosco que removeremos imediatamente.

Buscar no Blog

Materiais Didáticos

NOSSAS REDES SOCIAIS

SIGA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

KERO MODA

SIGA NOSSO INSTAGRAM

@SISTEMAKEROMODA

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL DO YOUTUBE

KERO MODA

SIGA NOSSO PINTEREST

KERO MODA

FAÇA PARTE DO NOSSSO LINKED IN

KERO MODA

ENDEREÇO

Avenida Souza Naves, 1265

Sobreloja 01 - Zona 02 

CEP: 87200-430

Cianorte - Paraná 

 

E-MAIL

comercial@logsistemas.com.br

TELEFONES

Suporte

+55 (44) 3019-6910 

+55 (44) 3018-4910 

 

Comercial

+55 (44) 3351-9332

+55 (44) 99940-7150

©2019 KERO MODA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.