7 Dicas para Lucrar por Meio das Redes Sociais

Por Paula Kimie

Você sabia que dá pra vender produtos por meio das redes sociais? A quantidade de pessoas que compram pela internet superou até as vendas em lojas físicas. Segundo O Globo, das pessoas que compram produtos pelo menos uma vez ao mês, 38,2% preferem comprar tudo online enquanto apenas 30,9% somente compram vendo os produtos.

Existem diversas plataformas atualmente que permite realizar vendas, as mais conhecidas são: Facebook, Instagram, WhatsApp, YouTube, Mercado Livre, Enjoei, OLX, Amazon, EBay, Submarino, etc.

Então, vamos lá?

1. Crie uma página no Facebook

O primeiro de todos é a rede social mais acessada do mundo, o Facebook conta com mais de 2 bilhões de usuários, sendo 130 milhões somente no Brasil, por falar nisso você sabia que o Brasil está em terceiro lugar no ranking de mais acessos à rede, só perdendo para a Índia e os EUA.

Para você tirar proveito desta ferramenta é bastante simples, primeiro você deve criar uma fanpage e adquirir seguidores, convide seus amigos a curtirem e compartilharem sua página, depois você vai precisar começar a liberar conteúdos relevantes.

Para tanto, você precisará de ter conhecimentos básicos de Photoshop, Illustrator, ou estar contratando uma agência de mídias sociais. Pense na identidade da sua loja e o que o seu público gostaria de ver na sua página.

Com esse grande número de usuários, a possibilidade de venda cresce se você souber mostrar o que as pessoas querem.

2. Impulsione as suas postagens

A plataforma de publicidade do Facebook começou há alguns anos atrás e ainda está em fase de aprimoramento, sendo que estão continuadamente realizando alterações.

O alcance de público por meio do Facebook é muito maior que o do Google Adwords, além de ser mais assertivo, pois as pessoas precisam realizar o login em seus perfis para ver os anúncios que aparecem no feed, em vídeos, nos Stories ou na faixa lateral direita.

Considerando isso, o custo de anunciar também fica maior, que pode variar de acordo com o lance dos seus concorrentes, sua área de atuação ou público-alvo.

Conforme a verba que você puder dispor, impulsione as suas publicações para alcançar o maior número possível de pessoas, afim de expandir seus negócios para além do público local.

3. Instagram

Com o maior índice de engajamento, o Instagram é uma rede social que vêm bombando entre os brasileiros. Esta rede social vem crescendo muito nos últimos anos, sendo que em julho de 2018, chegou à 1 bilhão de usuários ativos, e o número de interações cresce a mesma velocidade, cerca de 5% por trimestre.

Com este grande número de usuários, a possibilidade dos seus clientes estarem presentes nessa rede social é muito grande e um ótimo tipo de venda online para seus produtos.

Contudo, existem restrições para os perfis anunciarem seus produtos, como por exemplo, colocar link no Stories e o link de item à venda nas postagens, que são para perfis comerciais e com mais de 10 mil seguidores.

4. Tenha um feed organizado

As pessoas gostam de organização, ou algo que aparente que foi totalmente planejado criteriosamente. Não é um requisito ao você criar um perfil no Instagram, mas demonstrará que você se importa como as pessoas veem a sua empresa.

Contudo, é um pouco mais complicado, pois você necessitará de alguém para cuidar somente desta parte que tenha domínio em programas de edição de imagens e vídeos, ou contratar uma agência de marketing para administrar a sua conta.

5. WhatsApp

Você conhece alguma pessoa a sua volta que não usa o WhatsApp? É difícil encontrar uma pessoa que não tem um smartphone ou que não tenha o aplicativo, afinal, o “whats” conhecido também como“zap-zap” como muitos falam, é um aplicativo que trouxe muitas facilidades para o dia-a-dia de muitas pessoas.

Segundo o SEBRAE, uma pessoa comum visualiza o aplicativo cerca de 70 a 150 vezes por dia. As empresas viram o sucesso e as oportunidades de negócios que o aplicativo poderia trazer, e tem utilizado para vender seus produtos ou como meio de comunicação cliente-empresa para dar suporte ou simplesmente para atendimento.

Mas como eu vendo por WhatsApp? Segundo a matéria do SEBRAE

  • Não crie grupos com os seus clientes, as pessoas não gostam de ficar recebendo coisas que só vão ocupar a memória do celular dela, faça uma transmissão simultânea em vez disso, isso fará parecer que a mensagem foi somente enviada àquela pessoa;
  • Não envie vídeos e fotos aleatórias dos seus produtos, ofereça conteúdos que incitarão a curiosidade dela;
  • Ofereça promoções por meio de outras redes sociais, por exemplo: “entre em contato pelo WhatsApp e ganhe 30% de desconto na sua próxima compra”;
  • Utilize gatilhos mentais: escassez, prova social, garantia, novidade ou autoridade.

6. YouTube

O YouTube se tornou um fenômeno no Brasil, chegando a ser o segundo com mais visualizações de vídeos do mundo, e se tornou uma plataforma de influenciadores digitais, onde postam coisas que eles gostam, fazem, ou curiosidades em geral.

Muitas empresas expõem seus produtos por meio de parcerias com influenciadores, oferecendo seus produtos em troca da publicidade, de forma a demonstrar que uma pessoa real utiliza o produto dela.

7. Mercado Livre, OLX, Amazon, Enjoei, Submarino e E-Bay

Todas estas acima são plataformas de venda online, em que você paga um valor para vender seus produtos mais a comissão. Muitas empresas preferem vender assim do que por e-commerce próprio, pois são plataformas muito conhecidas com um público já segmentado, podendo sair mais barato do que pagar alguém para montar o e-commerce.

Todas elas funcionam basicamente da mesma forma, mas possuem setores em que são mais conhecidas e as pessoas pesquisam primeiro, ou às vezes, nem sabem que ela vende outros tipos de produtos.

Quer saber mais sobre o KeroModa? Entre no site e conheça, temos benefícios incríveis para sua loja.

Referências

ESTADÃO. WhatsApp chega a 120 milhões de usuários no Brasil. Disponível em: <https://link.estadao.com.br/noticias/empresas,whatsapp-chega-a-120-milhoes-de-usuarios-no-brasil,70001817647>. Acesso em: 27 de nov. 2017.

JOVICHAT. Sites para fazer vendas online. Disponível em: <https://www.jivochat.com.br/blog/ecommerce/sites-para-fazer-vendas-online.html>. Acesso em: 27 de nov. 2018.

MARKETING DE CONTEÚDO. Quais são as redes sociais mais usadas no Brasil. Disponível em: <https://marketingdeconteudo.com/redes-sociais-mais-usadas-no-brasil/>. Acesso em: 27 de nov. 2018.

O GLOBO. Brasileiros já compram mais pela internet do que em lojas físicas. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/economia/brasileiros-ja-compram-mais-pela-internet-do-que-em-lojas-fisicas-18781081>. Acesso em: 27 de nov. 2018.